A indústria da moda está atenta às novas práticas de consumo consciente. O resultado disso é o anúncio da parceria inovadora entre a C&A e o brechó DaZ, localizado na cidade de São Paulo (SP).

Leia mais: Veja como ganhar dinheiro com coisas antigas que todo mundo tem em casa

Com o objetivo de colocar em circulação as roupas mantidas nos armários, a ideia proposta pelas duas empresas é a troca das peças usadas por créditos para serem utilizados na compra da composição de um novo visual nas lojas da C&A.

Roupas usadas garantem novos looks na C&A

As peças trocadas pelo público podem ser de qualquer marca e de qualquer tipo. Para ganhar o crédito, basta entregar as roupas no brechó DaZ, localizado no Shopping Metrô Tatuapé, em São Paulo.

Uma vez na loja, os clientes encontram outras peças de segunda mão em bom estado de conservação, no quiosque do brechó fundado pelas irmãs Gabriella e Julia Wolff.

O processo para a obtenção do crédito é simples. Basta apenas que as roupas apresentadas estejam limpas e preservadas, sem furos, buracos ou manchas. Assim, a peça vai passar por uma avaliação para precificar o produto, e o crédito estipulado deve ser de 40% do valor da peça.

A iniciativa começou no dia 25 de julho e terá duração de 30 dias, com possibilidade de renovação por mais tempo. A adesão do público é que vai determinar a continuidade do projeto.

Calçados e bolsas também são aceitos

Além de peças de roupas, a iniciativa também aceita sapatos, bolsas, acessórios e produtos de beleza, como maquiagens e perfumes. No entanto, é preciso estar em bom estado de conservação e dentro do prazo de validade.

Como a ideia da parceria é o estímulo do consumo consciente por parte do público brasileiro, as roupas recebidas pelo brechó DaZ serão vendidas nas lojas e no site da empresa.